Guia dos Eletrônicos Verdes traz as empresas ecologicamente corretas

Greenpeace divulga 3ª lista das que mais se destacam em políticas ambientais, como eliminação de produtos tóxicos

SÃO PAULO – Quer saber se os produtos que você compra ou já adquiriu são fabricados por empresas que respeitam o meio ambiente? O Greenpeace publica estudos sobre o assunto. Mais uma vez, foram analisados produtos de informática, no chamado “Guia dos Eletrônicos Verdes”.

Segundo a organização não-governamental, dos critérios analisados nos produtos, os principais fatores são: eliminar dos produtos substâncias que possam causar riscos ao meio ambiente e que empresas se responsabilizem pela destinação dos aparelhos uma vez que tornarem-se obsoletos.

Mudanças

Mais uma vez, a Apple aparece em último lugar, como na edição anterior do estudo, divulgada em dezembro de 2006, sem apresentar melhorias, com baixas notas em quase todas categorias avaliadas.

PUBLICIDADE

Já a Lenovo, aponta a ONG, é exemplo de crescimento. No primeiro estudo, publicado em agosto de 2006, a marca apareceu em último lugar e, na ultima avaliação, apresentou resultados animadores, ocupando o primeiro lugar da lista, apesar de ainda apresentar produtos que possuem substâncias agressivas ao meio ambiente.

Abaixo, segue a lista com o nome e a pontuação das empresas avaliadas, em uma escala de zero a dez:

PosiçãoEmpresaNota
Lenovo8
Nokia7,3
Sony Ericsson7
Dell7
Samsung6,3
Motorola6,3
Fujitsu – Siemens6
HP5,6
Acer5,3
10ºToshiba4,3
11ºSony4
12ºLGE3,6
13ºPanasonic3,6
14ºApple2,7

O objetivo do “Guia dos Eletrônicos Verdes” é levar as empresas a se conscientizarem e adotarem politica de responsabilidade pelos produtos fabricados e os impactos que têm no meio ambiente durante e após a vida útil. A pesquisa, baseada em informações contidas nos sites das fabricantes, revela que a maioria delas não adota a política publicada em seu conteúdo.