Política

Guedes nega prorrogação de auxílio emergencial e estado de calamidade para 2021

Em entrevista à imprensa, Guedes disse que não há decisão de prorrogar ou articulação nesse sentido

Paulo Guedes, ministro da Economia (Foto: Edu Andrade/Ascom/ME)
Aprenda a investir na bolsa

BRASÍLIA – O ministro da Economia, Paulo Guedes, negou nesta quarta-feira a prorrogação do auxílio emergencial ou do estado de calamidade para além de dezembro deste ano.

Em entrevista à imprensa, Guedes disse que não há decisão de prorrogar ou articulação nesse sentido.