População no vermelho

Guedes diz que governo estuda liberar recursos do FGTS para pagamento de dívidas

Em 2020, o governo adotou medida semelhante e, com a edição de uma MP, liberou o pagamento do saque emergencial do FGTS para estimular a economia

Por  Estadão Conteúdo -

Em evento do BTG Pactual, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira, 22, que o governo federal pode liberar, este ano, recursos do FGTS para que as pessoas paguem dívidas.

“Podemos mobilizar recursos do FGTS também, porque são fundos privados. São pessoas que têm recursos lá e que estão passando por dificuldades. Às vezes, o cara está devendo dinheiro no banco e está credor no FGTS. Por que não pode sacar essa conta e liquidar a dívida dele do outro lado”, afirmou o ministro no evento, sem dar mais detalhes.

Em 2020, no auge da pandemia, o governo adotou uma medida semelhante e, com a edição de uma medida provisória, liberou o pagamento do saque emergencial do FGTS para estimular a economia.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe