Otimismo?

Guedes diz que arrecadação será anunciada com 16% de crescimento real

Guedes voltou a defender que a classe política tem que assumir os investimentos públicos e repetiu que o presidente da Câmara está comprometido

Por  Estadão Conteúdo -

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira que a arrecadação a ser anunciada nos próximos dias terá 16% de crescimento real. Em conferência promovida pelo BTG Pactual, ele afirmou que a economia brasileira “tem vigor” e cresceu 4,5% mesmo com a retirada dos estímulos monetários.

Guedes voltou a defender que a classe política tem que assumir os investimentos públicos e repetiu que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), está comprometido com a agenda de reformas este ano.

Durante o evento, Guedes também repetiu a defesa de um fundo de erradicação da pobreza com recursos oriundos de privatização, que funcionaria como um “incentivo” para a classe política avançar com a pauta das desestatizações.

Assim como dito na segunda-feira à noite em entrevista à Jovem Pan, ele falou que “todo mundo vai passar o ano fazendo revisão para cima do crescimento”.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe