Grécia convoca eleição parlamentar antecipada para 6 de maio

Papademos disse que o governo deverá tomar importantes decisões e também implementar as políticas já aprovadas

SÃO PAULO – A Grécia terá eleições nacionais no dia 6 de maio, anunciou nesta quarta-feira (6) o primeiro-ministro grego, Lucas Papademos. Após reunião em seu gabinete, o ministro encontrou-se com o presidente Karolos Papoulias, que decidirá sobre a convocação oficial das eleições.

Segundo agências internacionais, Papademos disse em discurso que até o dia 6 de maio o governo deverá tomar importantes decisões e também implementar as políticas que já foram aprovadas pelo Parlamento. Os novos integrantes do Parlamento devem se reunir pela primeira vez no dia 17 de maio.

As eleições do dia 6 de maio serão as primeiras na Grécia desde o início da crise econômica no país, no fim de 2009, quando em outubro o Pasok (Partido Socialista) conquistou o poder sob a liderança de George Papandreou. No entanto, em 2011, diante da crise política, seu governo caiu e, desde novembro do ano passado, Papademos lidera um governo interino apoiado pelo Pasok e pelo Nova Democracia.