Governo quer reduzir meta de superávit primário de 2007 para 3,75% do PIB

Objetivo é aumentar o volume de recursos disponíveis para investimentos, principalmente em infra-estrutura

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Com o objetivo de aumentar o volume de recursos disponíveis para investimentos, principalmente em infra-estrutura, e “destravar” o crescimento do país, o Governo já sinaliza que a meta de superávit primário deste ano será reduzida de 4,25% para 3,75% do PIB (Produto Interno Bruto).

A intenção é de elevar de 0,2% do PIB para 0,5%, ou aproximadamente US$ 11 bilhões, o montante a ser investido em obras de grande importância para o crescimento da economia.

Em 2006, economistas sinalizam que o superávit primário deverá ter se apresentado entre 4,30% e 4,40% do PIB, resultado acima da meta de 4,25% estipulada para o ano. Até novembro, o superávit estava em 5,09%. A redução para o resultado do ano é decorrente da concentração de gatos no mês de dezembro.

Lula quer investir mais, mas pode não conseguir

Aprenda a investir na bolsa

Lula já sinalizou que espera investir efetivamente R$ 20 bilhões do Orçamento da União em 2007, ou 30% a mais do que o aplicado no ano passado. Para os próximos anos de mandato, o esforço seria o de, pelo menos, manter tal nível de aporte de recursos.

Analistas vêem com certo ceticismo as metas de investimento do Governo. A percepção é de que faltam projetos com condições de serem viabilizados no curto prazo. Entraves legais, ambientais e burocráticos embasam tal perspectiva.