Recorrendo ao TCU

Governo pode buscar STF caso TCU mantenha Nardes como relator, diz Folha

Governo vai pedir que plenário do TCU, de 9 ministros, decida se Nardes deve ser afastado porque, na opinião do Planalto, ele cometeu uma irregularidade ao opinar sobre o assunto e antecipar publicamente seu voto

arrow_forwardMais sobre

(SÃO PAULO) – Governo vai pedir que plenário do TCU, de 9 ministros, decida se Nardes deve ser afastado porque, na opinião do Planalto, ele cometeu uma irregularidade ao opinar sobre o assunto e antecipar publicamente seu voto, diz Folha de S.Paulo sem revelar como obteve a informação. 

  • Questionamento será feito hoje na Corregedoria do TCU
    • Além da substituição de Nardes, governo espera conseguir adiar julgamento das contas, marcado para esta quarta- feira
    • Se TCU mantiver Nardes como relator, governo deve recorrer ao STF para discutir o caso, diz a Folha 
  • Suspensão do julgamento daria mais tempo para governo reorganizar base de apoio no Congresso e poderia conter o avanço dos pedidos de impeachment
  • NOTA: TCU analisa contas de Dilma em 2014 nesta quarta-feira
    • Plenário do TCU reúne-se às 17:00 em sessão extraordinária 
  • NOTA: Em junho, TCU fez 1º pedido de esclarecimentos sobre contas de 2014, c/ prazo 30 dias, estendido 2 vezes
    • Em 15/set., 2 pessoas c/ conhecimento do assunto disseram que TCU iria rejeitar contas de Dilma por pressão popular
    • Em 25/set., pessoa da equipe de governo disse que gov. se prepara p/ derrota na avaliação das contas do ano passado
  • NOTA: Rejeição das contas governo não é razão para impeachment, disse José Eduardo Cardozo, min. da Justiça, em entrevista à Band News neste domingo
    • Votacão sobre as práticas adotadas para as contas está sendo usada politicamente pela oposição, disse ele
  •  

Leonardo Lara

PUBLICIDADE

Esta matéria foi publicada em tempo real para assinantes do serviço Bloomberg Professional.

Deixe seu melhor email e receba a planilha com o preço das ações do Ibovespa em dólar: