Governo paulista nega existência de cartões corporativos no Estado

Órgão declara existência de cartões de débito com limite e pleno controle do Tribunal de Contas do Estado

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O governo paulista negou nesta sexta-feira (8) a existência de cartões corporativos no governo do Estado de São Paulo, destacando que o sistema em vigor para pagamento de despesas do dia-a-dia é o eletrônico.

Em nota, o governo esclareceu que os maiores gastos estão ligados aos setores que atendem diretamente aos cidadãos, como saúde, educação e segurança pública; com maior necessidade de manterem suas estruturas de funcionários, viaturas e unidades.

Funcionamento do sistema eletrônico

A afirmação de que o Estado não utiliza cartões de crédito se apóia na realização de despesas pela forma de débitos, onde cada órgão fixa seu limite e cada cartão é destinado para um tipo de despesa.

Aprenda a investir na bolsa

O governo paulista ainda ressaltou que, como forma de controle, para cada operação realizada é necessária a apresentação de uma nota fiscal, que é examinado pelo Tribunal de Contas do Estado.