Segundo Folha

Governo não pretende impedir possível reeleição de Temer em 2018, diz jornal

Conta a publicação que peemedebistas desconversam sobre o assunto, argumentando que o momento é de votar as medidas para tirar o país da crise

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O clima de tensão gerado pelas declarações do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sobre a possibilidade de o presidente interino Michel Temer se candidatar à reeleição caso chegue na disputa com elevado nível de popularidade tem exigido esforços do peemedebista para contornar atritos. No entanto, conta o jornal Folha de S. Paulo que o Planalto não tem interesse em apresentar nem votar uma proposta de emenda à Constituição que ponha fim à reeleição, a despeito das pressões do PSDB nesse sentido.

Conta a publicação que peemedebistas desconversam sobre o assunto, argumentando que o momento é de votar as medidas para tirar o país da crise. Chefe da articulação política do governo, o ministro Geddel Vieira Lima argumenta que “é incompatível aprovar reformas duras e chegar em 2018 bombando”.

A desistência de disputar reeleição é um dos condicionantes para o apoio do PSDB ao governo Temer e é fator importante para garantir apoio parlamentar na aprovação de medidas econômicas importantes. O lançamento da candidatura do peemedebista poderia produzir rachas na base.

Aprenda a investir na bolsa