Transportes

Governo mantém espanhois no leilão do trem-bala

Segundo o minisistro dos Transportes, o governo também decidiu reajustar tarifas de pedágios de rodovias federais em 2013, mas compensará efeito de aumento

Aprenda a investir na bolsa

BRASÍLIA – O acidente com um trem na Espanha na semana passada, que matou 79 pessoas, não exclui o consórcio do país da disputa pelo leilão do trem de alta velocidade brasileiro (TAV), que deve acontecer em setembro, disse nesta quarta-feira o ministro dos Transportes, César Borges.

Segundo o ministro, o governo também decidiu aplicar o reajuste em tarifas de pedágios de rodovias federais em 2013, mas tomará medidas para compensar o efeito do aumento.