Governo Lula tem melhor aprovação desde 2003, segundo a CNI-Ibope

Nota média (7,4) é a maior desde março de 2008; relação de pessoas que consideram o governo ótimo é de 69%

SÃO PAULO – De acordo com a pesquisa CNI-Ibope divulgada nesta segunda-feira (29) pela Confederação Nacional da Indústria, houve uma forte melhora na percepção da população sobre o Governo Lula. A nota média ficou em 7,4 em uma escala de zero a dez, enquanto a sua melhor nota havia sido 7,1, em março de 2008.

Segundo a avaliação, o Governo Federal atingiu o seu melhor nível desde a posse do presidente Luís Inácio Lula da Silva, em janeiro de 2003. O percentual de pessoas que consideram o Governo ótimo e bom atingiu 69% na pesquisa de setembro de 2008, enquanto no ano anterior o índice era de 48%.

Dos 2.002 eleitores entrevistados, 23% avaliaram o Governo como regular, 8% como péssimo ou ruim e 1% não soube ou não quis opinar. Cabe ressaltar que a diferença entre o ótimo e bom e o ruim e péssimo atingiu o maior patamar também desde janeiro de 2003.

Inflação no país

PUBLICIDADE

A pesquisa também questionou os entrevistados sobre o combate à inflação e a avaliação da atuação do governo no combate à alta dos preços apresenta as oscilações mais frequentes, entre aprovação e desaprovação, entre todos os itens investigados.

Neste tópico, 52% afirmaram aprovar a estratégia do Governo. Na medição anterior, 53% desaprovavam as medidas tomadas para combater essa questão.

Quando perguntados sobre a taxa de juros, 36% foram favoráveis, contra 31% em junho passado. Por outro lado, 55% afirmaram ser contra a atuação do governo neste assunto, ante 61% em junho.

Tributação

A atuação do governo em relação à política de impostos continua entre as mais criticadas, entretanto, a curva da desaprovação tem movimento descendente. Hoje, 56% desaprovam a ação do governo sobre a carga tributária (na última medição, o número era de 63%), enquanto 38% aprovam (na última medição, os favoráveis somavam 31%).