Governo japonês adota medidas para evitar entrada de gripe suína no país

País irá realizar exames em passageiros que chegam do México e priorizar produção de vacina contra essa gripe

SÃO PAULO – O governo japonês decidiu adotar medidas de prevenção contra a gripe suína, nesta segunda-feira (27). Entre as propostas, está o aumento no rigor das regras de quarentena e no controle de imigração.

Apesar de estar enfrentado diversos problemas com a crise econômica, o governo japonês ressaltou que não irá restringir o uso de dinheiro para prevenir e combater a gripe.

De acordo com a imprensa do país, folhetos estão sendo distribuídos em aeroportos explicando sobre a doença e pedindo que as pessoas procurem um médico caso notem qualquer sintoma de gripe.

Sem casos

PUBLICIDADE

O governo japonês, entretanto, ressaltou que não foi reportado nenhum caso da gripe no país, e que a situação deverá ser tratada com calma. O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar também afirmou que dará prioridade para a produção de vacinas contra essa doença, do que contra as gripes mais comuns.

Além disso, passageiros que chegam do México, onde a gripe teve início, são aobrdados por médicos para a realização de exames.

Agências de viagens do Japão chegaram a cancelar viagens para o México, afirmando que não têm como garantir a segurança dos turistas. Casos da gripe já foram confirmados no país latino-americano, nos Estados Unidos, Canadá e Espanha.