TI

Governo investirá R$ 500 milhões para estimular a indústria de software

De acordo com presidente, existem no Brasil cerca de nove mil empresas desenvolvedoras de softwares e a intenção é ampliar este número

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff falou nesta segunda-feira (3) que devem ser investidos R$ 500 milhões no Programa TI Maior, para estimular o desenvolvimento e a produção de softwares do País. O programa foi anunciado pelo MCTI (Ministério da Ciência, tecnologia e Inovação) em 20 de agosto. 

“O software está em todo o lugar: no computador, no celular, no carro, nos caixas eletrônicos dos bancos ou até em uma sonda que tira petróleo lá do fundo do mar, na camada pré-sal”, disse Dilma, durante o programa Café com a Presidenta.

De acordo com presidente, existem no Brasil cerca de nove mil empresas desenvolvedoras de softwares e a intenção é ampliar este número. Para isso, haverá investimento nas pequenas empresas de tecnologia, “que geram muitos empregos, principalmente contando com jovens que têm uma imensa capacidade de criar”, disse Dilma.

Aprenda a investir na bolsa

A presidente destaca ainda que o programa vai oferecer cursos para 50 mil trabalhadores do setor de tecnologia da informação. O programa também prevê a redução de impostos para as empresas que queiram produzir semicondutores e tablets no Brasil.

Segundo ela, uma das ações mais importantes do programa Brasil Maior, é a redução do valor que as empresas de software e de tecnologia da informação pagam à Previdência, a desoneração da folha de pagamento, “que é importante porque reduz o custo do trabalho e aumenta a competitividade das empresas”, enfatiza a presidente.