AO VIVO Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Governo estuda apoio ao setor siderúrgico e ações sobem forte na sessão

Dilma estuda medidas para estimular vendas de aço; Fernando Pimentel diz que está avaliando a redução dos custos

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff pediu à sua equipe econômica que analise medidas de estímulo às vendas de aço no país, informou a Folha de S. Paulo nesta quinta-feira (10). Segundo a publicação, Benjamim Steinbruch, presidente da CSN (CSNA3), pediu na semana passada à presidente que fossem adotadas medidas para destravar o crédito para os setores automotivo e da linha branca. E o setor respondeu na bolsa, com os papéis tendo um bom desempenho positivo na sessão.

O destaque ficou para as ações da Metalúrgica Gerdau (GOAU4+2,87%, R$ 21,47), seguidas pelas da Gerdau (GGBR4, +2,42%, R$ 16,48), e as ações PN da Usiminas (USIM5+1,77%, R$ 10,36). As ações da CSN (CSNA3+0,13%, R$ 15,12), por sua vez, fecharam perto da estabilidade, enquanto as ações ON da Usiminas perderam forças e terminaram em queda (USIM3, -0,18%, R$ 16,57) depois de chegarem a subir 2,95% (R$ 17,09) na máxima do intraday. Já o Ibovespa caiu 0,14%, aos 59.702 pontos. 

Novos estímulos?
Além disso, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Fernando Pimental, reforçou nesta manhã à imprensa que o governo está estudando medidas para diminuir os custos do setor siderúrgico, o que passaria pela redução no preço de energia. A declaração ocorreu após participar de evento na sede do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

PUBLICIDADE

“O setor está se destacando por conta dessas notícias, mas me dá a sensação de que é algo paliativo”, alertou o operador da TOV Corretora, Julio Mora. Para ele, essas medidas têm impacto somente no curto prazo, já que o ideal para o setor seria uma reforma fiscal por parte do governo. “Os impostos são caríssimos, o Brasil é um país onde montar um negócio é um dos piores do mundo”, conclui.