Governo e oposição podem chegar a acordo para fim da convocação de Dilma

Ministra-chefe da Casa Civil foi chamada a falar na comissão de infra-estrutura do Senado sobre suposto dossiê

SÃO PAULO – Governo e oposição podem chegar a acordo para evitar depoimento de Dilma Rousseff sobre suposto dossiê com gastos da presidência durante a gestão de Fernando Henrique Cardoso.

Em manobra executada pela oposição quando governistas ausentaram-se de seus trabalhos, a Ministra-chefe da Casa Civil deveria esclarecer pontos polêmicos sobre a elaboração de um banco de dados com gastos pessoais do ex-presidente, sua esposa e ministros, e de sua possível utilização como instrumento de pressão na CPI mista dos cartões corporativos.

Desfazendo a manobra

Governistas criticam duramente a convocação por ser anti-regimental, desvirtuando os fins da comissão. Todavia, rumores dão conta de que as partes poderiam chegar a um acordo.

PUBLICIDADE

Deste modo, requerimento do líder do governo na casa, senador Romero Jucá (PMDB), seria colocado em votação pelo presidente da comissão, Senador Marconi Perillo (PSDB), a fim de que a convocação sobre o dossiê seja desfeita, em favor de uma convocação para que Dilma deponha exclusivamente sobre obras do PAC.