Governo de Papademos passa por voto de confiança nesta quarta-feira

Expectativa é por uma aprovação com grande maioria, no entanto agências internacionais alertam para divergências internas

SÃO PAULO – O primeiro-ministro grego Lucas Papademos enfrentará nesta quarta-feira (16) um voto de confiança ao seu governo, o qual deve ser alcançado com facilidade, informam agências internacionais.

O governo interino de Papademos possui o apoio de três partidos, o que lhe garante maioria no Parlamento. O ministro de Finanças Evangelos Venizelos reiterou na véspera a “vasta maioria” que o governo possui no Parlamento e indicou que tal ato é uma medida simbólica, uma prática considerada como ética.

Divergências
No entanto, algumas divergências começam a surgir no governo interino. Publicações internacionais noticiam que Antonis Samaras, líder do partido Nova Democracia, não apoiará novas medidas de austeridade no curto prazo, ao passo que Papademos viajará a Bruxelas na segunda-feira para se encontrar com membros da Comissão Europeia.

PUBLICIDADE

Além disto, considerado por alguns políticos como “um homem da Troika (trio formado por Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional)”, diversos membros do partido socialista PASOK, do ex-primeiro-ministro George Papandreou, publicaram um documento no qual pediam a convocação de eleições antecipadas.