sem abusos

Governo cria comitê para monitorar preços e serviços na Copa do Mundo

O comitê, coordenado pela Casa Civil, terá a primeira reunião na próxima semana, no dia 24

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff determinou nesta quinta-feira (17) a criação de um comitê interministerial para acompanhar os preços, tarifas e a qualidade dos serviços durante a Copa do Mundo de 2014. O comitê, coordenado pela Casa Civil, terá a primeira reunião na próxima semana, no dia 24.

O comitê será composto pelos ministérios do Esporte, Justiça, Turismo e da SAC (Secretaria de Aviação Civil), com a inclusão dos ministérios da Fazenda (Receita Federal e Secretaria de Acompanhamento Econômico) e da Saúde (Anvisa).

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, que coordenou a reunião de hoje com os ministros, afirmou que o comitê dará preferência ao diálogo, mas que haverá monitoramento do comportamento dos preços e qualidade dos serviços. “Não tabelamos, nem tabelaremos preços, mas nós não permitiremos abusos. Vamos utilizar todos os instrumentos à disposição do Estado para garantir a defesa dos direitos do consumidor, seja ele brasileiro, ou estrangeiro.”

Aprenda a investir na bolsa

Antes do primeiro encontro, marcado na semana que vem, o Ministério da Justiça fará um diagnóstico detalhado dos preços e qualidade de serviços em hotéis, restaurantes, aeroportos e outros serviços turísticos das 12 cidades-sede do mundial, em conjunto com os Procons e Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor). Todos os ministérios que fazem parte do comitê também apresentarão um análise setorial.