Planejamento

Governo confia em retomada da economia e que país irá crescer 3% este ano

Ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou que o governo adotará medidas sempre que for necessário para aquecer a economia

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, anunciou quinta-feira (26) que o governo continuará adotando medidas sempre que considerar necessário para aquecer a atividade econômica e que confia em uma retomada da economia capaz de levar o país a crescer 3% este ano.

“Nós estamos confiando em uma retomada no segundo semestre que seja capaz de nos levar a esse patamar”, disse. Miriam Belchior também destacou que o governo tem adotado uma série de medidas para enfrentar a crise internacional e continuará com novas iniciativas se for necessário porque essa é “uma preocupação especial da presidenta Dilma, a proteção da economia.”

Segundo a ministra, a previsão dos economistas aponta para um crescimento menor este ano, mas o índice, mesmo assim, será maior do que o observado em outros países. Para Miriam Belchior, isso é um reflexo importante e que mostra a forma como a economia brasileira vem sendo conduzida tanto pelo setor público como pelo setor privado.

Aprenda a investir na bolsa

A ministra não quis comentar se haverá mudança na meta de superávit primário, a economia para pagar os juros da dívida, mesmo com a queda no PIB (Produto Interno Bruto).

Miriam Belchior participou nesta quinta do quarto balanço do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) 2. De acordo com os números, até junho deste ano, 29,8% das ações previstas para conclusão até 2014 foram finalizadas. O valor executado corresponde a R$ 211 bilhões, resultado 84% superior ao registrado no mesmo período de 2011.