Política

Governo Alckmin pagou R$ 70 mil por mês a empresa de blogueiro antipetista, diz Folha

Governo de SP fez pagamentos  entre outubro e março para agência publicitária; de acordo com governo, decisão de contratar a Appendix foi da agência de publicidade Propeg e de sua inteira responsabilidade e afirmou que o governo não financia nem faz pagamentos a blogueiros

SÃO PAULO – De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o governo Geraldo Alckmin (PSDB) pagou R$ 70 mil por mês, de outubro de 2014 a março deste ano, à empresa do blogueiro e advogado Fernando Gouveia, que mantém sites e perfis nas redes sociais com ataques ao PT. O site Implicante é o mais conhecido entre eles e tem quase meio milhão de seguidores no Facebook.

Gouveia é dono da Appendix Consultoria, que recebe pagamentos da Subsecretaria de Comunicação do governo Alckmin desde junho de 2013. O jornal destaca que a consultoria foi subcontratada pela Propeg, uma das agências publicitárias que cuidam da propaganda do governo de São Paulo. De acordo com o governo, a empresa foi contratada para prestar serviços de “revisão, desenvolvimento e atualização das estruturas digitais” da Secretaria de Estado da Cultura.

Segundo o jornal, o blogueiro também se apresenta como colaborador de um site chamado Reaçonaria, com conteúdo similar ao do Implicante e 17 mil seguidores no Facebook. À Folha de S. Paulo, Gouveia destacou que não é filiado a nenhum partido e que suas opiniões pessoais, expressas na internet, não têm nada a ver com as atividades de sua empresa.

PUBLICIDADE

“Não sou filiado a nenhum partido. Tenho longo histórico de trabalho em comunicação do setor público, em governos de vários matizes ideológicos”, disse Gouveia. “A Appendix não apenas atualiza Facebook, Twitter e o portal da Secretaria de Cultura, mas também produz conteúdo para redes sociais e faz criação e design de partes do portal”, afirmou. Em nota em seu site, ele negou que tenha recebido patrocínio de partido ou de governo. 

Em nota enviada ao jornal O Estado de S. Paulo, o governo paulista afirmou que a decisão de contratar a Appendix foi da agência de publicidade Propeg e de sua inteira responsabilidade e afirmou que o governo não financia nem faz pagamentos a blogueiros. “Fernando Gouveia não tem contrato com o governo estadual, muito menos por sua atuação como blogueiro. O governo tem contrato com as agências de publicidade, vencedoras da licitação para contratação de serviços de publicidade em geral”, diz a nota.