Sem iguarias

Governador do Maranhão paralisa compra de quase R$ 1 mi de iguarias feita por Roseana

Na licitação, consta 704 itens e que, para abastecer as dispensas constavam, por exemplo, 234 quilos de bacalhau, fresco ou salgado, 646 quilos de patinha de caranguejo e 208 quilos de castanha

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O atual governador de Maranhão, Flávio Dino (PC do B), já começou o ano revendo duas licitações preparadas na gestão de sua antecessora Roseana Sarney (PMDB) que previam a compra de R$ 1 milhão em gêneros alimentícios para as residências oficiais do estado. 

Na licitação, consta 704 itens e que, para abastecer as dispensas constavam, por exemplo, 234 quilos de bacalhau, fresco ou salgado, 646 quilos de patinha de caranguejo e 208 quilos de castanha. 

As concorrências públicas já tinham realizadas ao final dos mandatos de Roseana Sarney e do deputado estadual Arnaldo Melo (PMDB), que foi seu sucessor após a governadora ter renunciado, em 10 de dezembro de 2014. Contudo, as licitações não foram homologadas e Dino determinou à sua equipe que passe um pente-fino nesses e em outros contratos das gestões anteriores.

PUBLICIDADE

A Casa Civil do governo do Maranhão avaliará se há excessos nos gêneros alimentares previstos nas compras. A avaliação é que será necessário fazer um redimensionamento dos contratos e não é nem mesmo descartado um cancelamento deles. 

(Com Agência Estado)