Política

Gilmar Mendes autoriza abertura de inquérito contra Aécio Neves em esquema de corrupção

O pedido de investigação foi feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, com base na delação premiada do ex-senador Delcídio Amaral

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), autorizou na quarta-feira a abertura de inquérito contra o senador Aécio Neves (PMDB-MG), segundo informações do Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado.

O pedido de investigação foi feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, com base na delação premiada do ex-senador Delcídio Amaral (sem partido-MS) no âmbito da Operação Lava Jato. Em delação, Delcídio afirmou que o tucano recebeu propina em um esquema de corrupção em Furnas. 

Primeiramente, o pedido de investigação foi enviado ao ministro Teori Zavascki, mas ele entendeu que o caso não tem ligação com o esquema de corrupção da Petrobras e o pedido foi redistribuído para Gilmar na quarta-feira. O novo relator acolheu a representação de Janot e determinou o cumprimento de diligências pela Polícia Federal, que deve ouvir Aécio em um prazo de 90 dias.

Aprenda a investir na bolsa

Aécio é suspeito de receber propina do ex-diretor de Furnas, Dimas Toledo, em um esquema de desvio de recursos na estatal semelhante ao investigado pela Lava Jato.