George Papandreou aceita renunciar e novo nome deve ser divulgado nesta segunda

Primeiro-ministro da Grécia concordou com o principal líder opositor a formar um governo de coalizão até as eleições de 2012

SÃO PAULO – O primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, engendrou no último domingo (6) um acordo com membros da oposição para acertar a sua renúncia, sendo que nesta segunda-feira deve ser chegado um acordo sobre o novo governo de coalizão.

Segundo agências internacionais, o acordo surgiu após um encontro entre Papandreou, o presidente Karolos Papoulias e o líder do principal partido da oposição, Antonis Samaras, sendo que Papandreou não fará parte deste governo temporário.

Desta forma, a expectativa é que as novas eleições sejam conduzidas no país em 19 de fevereiro do próximo ano. Contudo, a expectativa de se chegar a um nome em comum para assumir o cargo até tal data ainda não se concretizou, frustrando a intenção de Papandreou de anunciar um novo nome ainda no domingo.

PUBLICIDADE

O principal nome que circula na mídia internacional é o de Lucas Papademos, vice-presidente do BCE (Banco Central Europeu) entre 2002 e 2010.

Reunião entre ministros europeus
Assim, espera-se que o anúncio ocorre nesta segunda-feira, quando o Eurogrupo possui uma reunião marcada em Bruxelas. Já os ministros de finanças da Zona do Euro se encontrarão na terça-feira, de modo a discutir os detalhes das medidas decididas pelo Conselho Europeu em 26 de outubro, as quais levaram George Papandreou a convocar um referendo que foi recusado até mesmo por seus ministros.