Gabrielli deve permanecer na presidência da Petrobras no próximo ano

Segundo jornal, Dilma Rousseff deve aceitar sugestão do presidente Lula, de olho na discussão de royalties do pré-sal

SÃO PAULO – José Sérgio Gabrielli deve permanecer na presidência da Petrobras (PETR3, PETR4) ao menos em 2011, segundo o jornal O Estado de S. Paulo. Depois disso, é possível que o petista ocupe algum cargo no governo da Bahia. 

O pedido para que a presidente eleita Dilma Rousseff mantenha Gabrielli no cargo teria partido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que avalia não ser positivo mexer na cúpula da companhia no próximo ano, quando o congresso deve decidir sobre os royalties do petróleo da camada pré-sal.

Essa informação afasta, ao menos por enquanto, os rumores sobre a promoção de Maria das Graças Foster, atual diretora de Gás e Energia da Petrobras, à presidência da estatal. Entretanto, Foster, amiga de Dilma, continuaria sendo a preferida para substituir Gabrielli mais adiante.