AO VIVO Por Dentro dos Resultados: CEO da GPC divulga e comenta os resultados da empresa no 3º trimestre

Por Dentro dos Resultados: CEO da GPC divulga e comenta os resultados da empresa no 3º trimestre

Perspectivas

Futuro da Previdência, reforma ministerial e mais 4 eventos que vão agitar a próxima semana

Política volta a ser o principal driver do mercado nos próximos dias, enquanto EUA terá semana bem curta com Dia de Ação de Graças

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Após uma sequência de quatro quedas semanais, o Ibovespa conseguiu voltar a subir, sem um clima de cautela antes de mais um feriado, como costuma ocorrer. Diferente dos últimos dias, em que as principais notícias vieram do exterior, a próximas semana promete voltar a ser focada na reforma da Previdência, enquanto o feriado de Dia de Ação de Graças faz Wall Street fechar na reta final da semana.

Segundo a equipe de analistas da GO Associados, a próxima semana promete ser agitada tanto na política como na economia, apesar do feriado na segunda-feira (20), Dia da Consciência Negra. Na política, o governo deve intensificar as negociações com seus aliados visando à votação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados ainda este ano, antes do recesso parlamentar, em 22 de dezembro.

Black Friday InfoMoney: sua única chance de comprar nossos cursos com 50% de desconto

Aprenda a investir na bolsa

Além disso, há uma grande expectativa que o presidente Michel Temer dê início à reforma ministerial anunciada após a saída do governo do ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB-PE). O mercado espera que as mudanças que forem promovidas pelo peemedebista ajudem a dar força nas negociações da reforma da Previdência, com os partidos do “centrão” ganhando algumas pastas.

Segundo Luiz Fernando Castelli, economista-chefe da GO Associados, a política realmente será o principal driver para o mercado. “Em uma semana mais curta, os investidores ficarão de olho no andamento das reformas”, aponta ele citando a importância da próxima semana para que o governo consiga levar a Previdência para votação na Câmara ainda este ano. 

Na economia, há vários indicadores previstos para a próxima semana. O IBC-BR de setembro, considerado a prévia do PIB (Produto Interno Bruto),
deve ressaltar o cenário de recuperação do País. Segundo dados compilados pela Bloomberg, o indicador deve mostrar um crescimento de 0,33% na economia em setembro.

Saem também dados do setor externo e do crédito e os números
do emprego formal, do Caged, e da arrecadação de tributos, todos referentes ao mês de outubro. Além disso, na quinta-feira (23), o IBGE divulga o IPCA-15 referente ao mês de novembro, que deve mostrar alta de
0,46% segundo a equipe da GO.

No exterior, o destaque fica com os Estados Unidos, onde na quarta-feira (22), o Fomc (Federal Open Market Committee) divulga a ata da última reunião, realizada nos dias 31 de outubro e 1º novembro, que manteve a taxa de juros inalterada. Para a GO, a ata deve reforçar a intenção do colegiado em aumentar a taxa de juros na última reunião do ano, em 12 e 13 de dezembro, refletindo o bom crescimento econômico do país.

Vale lembrar que a segunda terá a B3 fechada pelo feriado em São Paulo, enquanto o volume financeiro deve ficar baixo na quinta por conta do dia de Ação de Graças nos EUA, enquanto na sexta as bolsas americanas fecham às 16h (horário de Brasília).

PUBLICIDADE

Para conferir a agenda completa da próxima semana, clique aqui.