CPI da Petrobras

Funcionário da Câmara que soltou roedores na CPI da Petrobras será exonerado

O funcionário foi detido pela Polícia Legislativa logo após ter soltado os animais. Ele foi identificado como Márcio Martins Oliveira e ocupa um “cargo de natureza especial”

arrow_forwardMais sobre

O homem que soltou roedores na CPI da Petrobras no momento em que o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, entrava para depor é funcionário da Câmara e será exonerado. A informação é da assessoria de imprensa da Câmara dos Deputados.

O funcionário foi detido pela Polícia Legislativa logo após ter soltado os animais. Ele foi identificado como Márcio Martins Oliveira e ocupa um “cargo de natureza especial” (de livre nomeação) na segunda vice-presidência da Câmara.

A deputada Professora Marcivania (PT-AP) esteve no Departamento de Polícia Legislativa Federal (Depol) e disse que Marcio se mostrava confuso, afirmando inclusive que não sabia como havia chegado à Câmara. Marcio continua detido.

PUBLICIDADE

Também esteve no local o assessor jurídico do PT Adilson José Carlos Barbosa. Ele disse que o partido vai registrar ocorrência no Depol por “constrangimento”.