Fukuda é eleito primeiro-ministro do Japão

Novo primeiro-ministro exibe posição mais moderada, além de defender uma política externa flexível e diálogo com a Coréia do Norte

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O moderado Yasuo Fukuda foi proclamado primeiro-ministro do Japão nesta terça-feira (25), depois de derrotar seu opositor na Câmara Baixa, com 338 dos 477 votos. Esse resultado prevaleceu sobre o do Senado, onde Fukuda recebeu 106 dos 239 votos.

A Constituição japonesa determina que, em caso de divergência, prevalece a votação na Câmara Baixa. Fukuda, que já havia sido eleito no domingo presidente do Partido Liberal-Democrata (PLD), substitui Shinzo Abe, que anunciou sua renúncia no último dia 12, alegando falta de apoio da população e de seus correligionários.

Chefe de governo

O primeiro-ministro proclamado terá de unificar o seu partido e o país. O governo do último primeiro-ministro foi marcado por escândalos de corrupção de seus ministros e pela falta de popularidade.

Aprenda a investir na bolsa

Fukuda exibe posição mais moderada que as do nacionalista e conservador Abe, além de defender uma política externa flexível e a cooperação com os vizinhos asiáticos. Também é a favor da aproximação com a China e do diálogo com a Coréia do Norte.