Imprensa internacional

FT: escândalos na Petrobras podem manchar reputação de “gerente competente” de Dilma

O jornal britânico destaca, em matéria publicada nesta segunda-feira, que uma das maiores preocupações do governo é de que as investigações respinguem, de alguma maneira, sobre a campanha à reeleição

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Depois do New York Times, desta vez o jornal Financial Times destacou em reportagem publicada na edição desta segunda-feira (14) os atuais problemas que o Brasil vêm enfrentando e que podem prejudicar a eleição de Dilma Rousseff. E, desta vez, o foco fica com a Petrobras (PETR3;PETR4). 

Em matéria entitulada “Inquérito na Petrobras coloca pressão sobre Dilma”, o jornal britânico destaca que os atuais escândalos na estatal brasileira podem prejudicar a imagem da atual presidente brasileira de uma “gerente competente”. 

E, para o governo, avalia o FT, uma das maiores preocupações do governo é de que as investigações respinguem, de alguma maneira, sobre a campanha à reeleição, tentando evitar assim que isso aconteça. E ressalta: “Dilma Rousseff, que vai tentar a reeleição em outubro, vem caindo nas pesquisas de opinião em meio à preocupação sobre a inflação. Enquanto ela ainda está bem à frente de seus adversários, qualquer revelação de corrupção na Petrobras poderia prejudicar sua reputação de uma gerente competente”. 

Aprenda a investir na bolsa

Com isso, o jornal destaca que a coalizão do governo, liderada pelo PT, está lutando contra as tentativas da oposição de aumentar as investigações sobre as denúncias de corrupção na Petrobras em uma investigação do Congresso.

Como destaca o analista da Eurasia Group, João Augusto de Castro Neves, ao jornal, “Dilma é identificada com o setor de energia. Este é o seu bebê”. 

A publicação lembra as últimas polêmicas, como os da compra da refinaria de Pasadena, que foi adquirida por um valor 28 vezes maior do que o grupo Astra Oil pagou. Mas críticos, ressalta o jornal, dizem que ainda mais potencialmente embaraçoso para o governo é o caro projeto da refinaria da Petrobras em Recife, conhecido como Abreu e Lima. O custo estimado dessa refinaria inchou por cerca de sete vezes, passando de US $ 2 bilhões – US $ 3 bilhões , há sete anos para cerca de US $ 20 bilhões hoje.