Está liberado

“Fora Temer”: PSDB autoriza bancada da Câmara votar a favor da denúncia contra o presidente, revela jornal

Decisão foi tomada na reunião realizada na noite de segunda-feira entre os líderes do partido

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em reunião na noite da última segunda-feira (10), os líderes do PSDB novamente adiaram a decisão sobre o desembarque (ou não) do governo de Michel Temer, que deve ficar para agosto em uma convenção partidária. Porém, nem tudo foi colocado em “panos quentes” e uma decisão importante foi tomada: segundo informações do G1, os tucanos liberaram a bancada na Câmara votar a favor da denúncia contra o presidente.

De acordo com Ricardo Trípoli, líder do PSDB na Câmara, essa foi a solução encontrada pelo partido para atender a demanda dos parlamentares que defendem o desembarque do governo. Segundo Trípoli, dos 46 deputados da sigla que fazem parte da Câmara, 30 são favoráveis do “Fora Temer”.

Conforme o relato do deputado federal, o encontro foi pautado, acima de tudo, por discussões entre os que defendem a permanência na base aliada e os que desejam a saída do partido. Um deles, o presidente interino do PSDB, Tasso Jereissati, especulou inclusive em devolver o comando para Aécio Neves, que faz parte da “tropa de choque” de Temer.

Aprenda a investir na bolsa

Inclusive, Jereissati disse que não existe um consenso dentro do partido sobre o desembarque e “o partido por si está desembarcando, independente da minha vontade”, comprovando o racha claro entre as principais lideranças tucanas.