Mudanças na estatal

Folha: interlocutores de Dilma apostam em Coutinho para a presidência da Petrobras

A troca, no entanto, só viria depois da reforma ministerial; vale ressaltar que o governador da Bahia, Jacques Wagner, também foi cotado para o cargo

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a Petrobras (PETR3;PETR4) poderá ter mudanças em seu mais alto escalão.

E a solução do governo pode ser “caseira”. Interlocutores da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula apostam no nome de Luciano Coutinho, atual presidente do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) para comandar a companhia caso Dilma decida tirar Graça Foster do cargo. 

A troca, no entanto, só viria depois da reforma ministerial. Vale ressaltar que o governador da Bahia, Jacques Wagner, também foi cotado para o cargo. 

PUBLICIDADE