Investimentos

Focaremos no ferroviário e hidroviário no PAC 3, disse Dilma Rousseff

A presidente declarou que o governo continuará investindo em ferrovias, rodovias e geração de energia, mas será necessário implementar medidas para que se potencializem os investimentos públicos privados

A presidente da República, Dilma Rousseff, prometeu nesta quinta-feira que o governo vai continuar investindo em ferrovias, rodovias, além dos projetos de geração e transmissão de energia que têm o objetivo de garantir segurança do abastecimento e modicidade tarifária. Para ela, no entanto, novas medidas precisam ser tomadas para fomentar esses investimentos.

“Achamos que será necessário implementar medidas para que potencializem investimento público e privado, como a construção de modelos em que o próprio investimento seja considerado garantia”, afirmou. Segundo Dilma, a terceira fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 3) e a segunda fase do Programa de Investimentos em Logística (PIL2) terão de se concentrar nos modais ferroviários e hidroviários, além da cabotagem. “No caso dos investimentos em petróleo e gás, vamos continuar olhando a cadeia e não só a extração do petróleo”, acrescentou.

Para a presidente, a área do pré-sal vai gerar uma “extraordinária” quantidade de riqueza para o País. “O excedente do petróleo será mais significativo a partir de 2017, em uma proporção que será revolucionária para a educação no País. Para fazer educação de qualidade no Brasil precisamos de dinheiro”, completou. Dilma citou ainda que é preciso resolver problemas de desabastecimento de água, mas disse que essa é uma responsabilidade dos Estados, e não do governo federal.

PUBLICIDADE