Operação Zelotes

Filho de Lula teria recebido R$ 10 milhões, segundo investigadores da Zelotes

Os investigadores querem saber qual trabalho foi prestado para resultar no recebimento dos demais valores, destaca o jornal O Estado de S. Paulo

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Dados do sigilo bancário de Luís Cláudio Lula da Silva, filho caçula do ex-presidente Lula, analisados pela Operação Zelotes mostraram que ele e a sua empresa (a LFT Marketing Esportivo) receberam quase R$ 10 milhões, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo

Até agora, informa a publicação, o que se sabia era que Luís Cláudio tinha recebido R$ 2,5 milhões da Marcondes & Mautoni, acusada de comprar medidas provisórias. Segundo o jornal, na verdade, o valor foi de cerca de R$ 4 milhões, sendo o resto de outras “fontes suspeitas”; os investigadores querem agora saber do trabalho prestado para resultar no recebimento dos demais valores.

A quebra dos sigilos abrange o período de 2009 e 2015 e uma das linhas de investigação é saber se Lula indicou empresas para contratar a firma do filho. Em novembro, a consultoria da LFT para a Marcondes & Mautoni gerou polêmica por ter sido “copiada” da Wikipédia. Além disso, apesar dos valores milionários recebidos, a empresa não possui funcionários registrados nem expertise na área. Procurada pelo jornal, a assessoria de Luís Cláudio alegou que não localizou os advogados e que teve pouco tempo para comentar o assunto.

Aprenda a investir na bolsa