Corrupção

FHC rebate e diz que corrupção na Petrobras começou no governo Lula

"Esses malfeitos vêm de outro governo, isso deve ficar bem claro. Vêm do governo Lula. Começou aí. Não é uma questão de personalizar, é um questão de procedimento", afirmou

SÃO PAULO – Após receber o título de Pessoa do Ano, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso voltou a falar nesta quarta-feira (13) em Nova York sobre a corrupção na Petrobras (PETR3; PETR4). Segundo ele, um eventual processo de impeachment contra Dilma não pode ser uma confusão “abstrata”, sendo que não se deve personalizar nela o escândalo de corrupção na estatal.

“Esses malfeitos vêm de outro governo, isso deve ficar bem claro. Vêm do governo Lula. Começou aí. Não é uma questão de personalizar, é um questão de procedimento”, afirmou FHC depois de participar de seminário promovido pelo grupo Lide para investidores em Nova York. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Apesar da declaração, o ex-presidente ressaltou que sua fala não teve intenção de ser por uma conciliação com o atual governo, mas também deixou claro que deve haver algum grau de entendimento para que o País supere a crise econômica e política. “Não estou falando de conciliação. Não estou de forma alguma dizendo que é necessário apoiar este governo, ou apoiar o PT”, afirmou.

PUBLICIDADE

“Precisamos passar a limpo o país”, disse FHC sobre investigações aprofundadas nos casos de corrupção. Passado isso, o tucano defende uma mudança no sistema político e o apoio a medidas para superar a crise econômica. Sobre o PSDB ter votado contra uma das medidas provisórias do ajuste fiscal, o ex-presidente destacou que o pacote do governo precisava ser revisto, e que não basta um ajuste de corte de gastos sem apontar saídas. “Mais que de ajuste, o Brasil precisa de esperança. Para onde vamos? Está faltando isso”, disse.