Ainda não desistiu

FHC já tem um novo outsider para testar após Luciano Huck desistir das eleições

E isso pode indispor ainda mais o tucano na relação conturbada com os defensores de Geraldo Alckmin 

SÃO PAULO – O apresentador de TV Luciano Huck desistiu de participar das eleições, mas o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso – um dos fiadores informais da candidatura do global -, não desistiu de buscar um “outsider” para o pleito de outubro deste ano. 

Segundo informa a Folha de S. Paulo, um dos primeiros nomes a ser testado será o do empresário Flávio Rocha, presidente da Riachuelo. Após a desistência de Huck para disputar a eleição, o tucano já pediu a um conhecido que trabalha com marketing político a realização de uma pesquisa qualitativa sobre nomes para o Planalto. O ex-presidente está convencido que o governador Geraldo Alckmin (SP), pode não se viabilizar mais à frente na disputa. Oficialmente, FHC manterá o apoio ao tucano, mas vai estimular uma outra opção. 

Em mensagem à Folha, FHC negou conhecer Rocha e disse que “considera o Geraldo Alckmin o mais capacitado entre os nomes sugeridos para exercer a Presidência”. “Estou em Trancoso passando o Carnaval. Não fiz contato com político algum. Se conheço, não me recordo de haver estado alguma vez com o dono da Riachuelo. Reafirmo que, a despeito de minha amizade e consideração por Luciano Huck, nunca deixe de dizer que seguirei o PSDB. Qualquer outra afirmação se trata de especulação”, disse.

PUBLICIDADE

Hoje ele patina aviação do 10% das intenções de voto. Oficialmente, o ex-presidente manterá o apoio ao tucano, mas vai estimular uma outra opção. Em mensagem à Folha, ele negou conhecer Rocha e disse que “considera o Geraldo Alckmin o mais capacitado entre os nomes sugeridos para exercer a Presidência”. “Estou em Trancoso passando o Carnaval. Não fiz contato com político algum. Se conheço, não me recordo de haver estado alguma vez com o dono da Riachuleo. Reafirmo que, a despeito de minha amizade e consideração por Luciano Huck, nunca deixe de dizer que seguirei o PSDB. Qualquer outra afirmação se trata de especulação”, afirmou.

Caso haja mais indicações nesse sentido, o movimento deverá indispor ainda mais a ala alckmista do PSDB com o ex-presidente – aliados do governador não digeriram os movimentos públicos dele em favor de Huck.

 Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear