Política

FHC diz que “PSDB não tinha alternativa” a não ser entrar com ação contra chapa Dilma/Temer

"Na época, o PSDB não tinha muita alternativa, porque parecia que havia e, como está se vendo, houve abuso do poder econômico", disse

SÃO PAULO – Durante o ciclo de conferências “Segurança pública em debate”, na ABL (Academia Brasileira de Letras), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que o PSDB “não tinha alternativa” em 2014 a não ser entrar com a ação de cassação da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer por causa de abuso de poder econômico na campanha eleitoral daquele ano.

É exatamente esta ação que iria ser julgada nesta terça-feira (4) e que poderá levar à saída de Temer da presidência. “Na época, o PSDB não tinha muita alternativa, porque parecia que havia e, como está se vendo, houve abuso do poder econômico”, disse. “Agora, a interpretação se pega os dois ou não, se é suficiente ou não, isso não cabe aos observadores nem aos políticos julgar”, afirmou o ex-presidente.

Ele já havia dito na segunda-feira, durante uma entrevista na rádio CBN, que uma cassação de Temer pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e uma eleição indireta geraria “confusão” e iria piorar o já tumultuado cenário político no País. “Já temos tantas dificuldades hoje, o Congresso ainda vai eleger uma pessoa pra ser presidente por um ano? É mais confusão”, disse o ex-presidente.