Política

FHC diz que “gestor não inspira” e que Alckmin está melhor posicionado para 2018

 O ex-presidente descartou ainda que Alckmin deixe o partido para disputar a presidência por outra sigla

SÃO PAULO – O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou, em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, a onda de candidatos que se apresentam como “não-políticos” e afirmou que “gestor não inspira nada”. “Tem que ser líder, e líder é alguém que inspira o caminho”, disse.

Ao ser questionado sobre a disputa de nomes dentro do PSDB o tucano disse que acredita em João Doria quando o prefeito diz que não é candidato e que o governador Geraldo Alckmin é o nome mais bem posicionado hoje, em comparação com os senadores Aécio Neves e José Serra, todos citados na Operação Lava Jato. “O Alckmin tem um fator de poder na mão: ele é governador de São Paulo. Ele tem uma força grande, ele tem mais estrutura na mão”, afirmou.

FHC alertou, porém, que este fator não é decisivo e que é cedo para definições. “Tudo isso vai depender do que vai acontecer nos próximos meses”, disse. O ex-presidente descartou ainda que Alckmin deixe o partido para disputar a presidência por outra sigla.

PUBLICIDADE