Contrariando PSDB

FHC defende existência do PT e fala gera repercussão nas redes sociais

"O PT representa parcelas da opinião brasileira e, como tal, melhor que continue ativo, que se livre das mazelas que o acometem e que o PSDB se prepare para vencer dele nas urnas", afirmou FHC para a Folha

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O PSDB protocolou, na semana passada, uma representação na  Procuradoria-Geral Eleitoral pedindo extinção do PT com base na denúncia do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró sobre financiamento de campanha. Contudo, um dos principais nomes do PSDB, Fernando Henrique Cardoso manifestou-se a favor da existência do PT, contrariando a atuação da bancada do seu partido.

Em entrevista à Folha de S. Paulo no último domingo (24), o ex-presidente afirmou: “o PT representa parcelas da opinião brasileira e, como tal, melhor que continue ativo, que se livre das mazelas que o acometem e que o PSDB se prepare para vencer dele nas urnas”.

O ex-presidente ainda disse que, embora não haja razão para ser consultado sobre a ação, já que não faz parte da “hierarquia formal de mando do PSDB”, caso fosse consultado, “diria ser mais apropriado deixar que os procuradores cuidem desse tema”.

Aprenda a investir na bolsa

Ele afirmou: “o PSDB já fez o que lhe cabe: uma consulta ao Tribunal Superior Eleitoral sobre o uso de recursos ilícitos na campanha de 2014. Da resposta afirmativa a essa investigação pode até mesmo caber nulidade de registro partidário. Se a lei assim dispuser, nada a fazer, senão cumpri-la.”

Ele ainda voltou a falar que o avanço do impeachment contra a presidente Dilma Rousseff ficou difícil, ao destacar que, em “um Congresso cujos chefes principais estão sob suspeita judiciária e que, eventualmente tenham usado o impeachment como manobra de defesa de seus interesses e não por sua legitimidade intrínseca, ficou difícil separar alhos de bugalhos”. Porém, afirmou que há base legal para o pedido.

A fala de FHC repercutiu bastante, inclusive nas redes sociais. O MBL (Movimento Brasil Livre) publicou no seu Facebook a seguinte frase: “Fernando Henrique Cardoso voltou a defender o PT. Mesmo com gigantescas suspeitas que o partido tenha chegado ao poder com campanhas abastecidas com propinas desde, pelo menos, 2006, o ex-presidente tucano acredita que o partido de Lula e Dilma deve continuar a existir. Isso é um brinde à corrupção e a mentira. Parabéns ao Carlos Sampaio pela ação feita, que terá apoio total do Movimento Brasil Livre”, o que gerou um intenso debate na rede social sobre o assunto, entre os defensores da fala de FHC e os que estiveram contra o abordado por ele.  

Baixe agora a Carteira InfoMoney 2016! Basta deixar o seu email abaixo: