Ranking intelectual

FHC, Armínio e mais 3 brasileiros estão entre os 50 ibero-americanos mais influentes

Além do político e , foram citados o filósofo e cientista político Roberto Mangabeira Unger, o cientista político Octavio Amorim Neto e o antropólogo Roberto DaMatta.

SÃO PAULO – A revista espanhola “Esglobal” realizou um ranking com os 50 intelectuais ibero-americanos mais influentes do ano, de forma a destacar quem contribuiu em termos de ideias e pensamentos em 2014 nas línguas portuguesa e espanhola. 

A revista, editada pela Fride (Fundação para as Relações Internacionais e Diálogo Exterior), da Espanha, citou em seu ranking cinco brasileiros. 

Dentre eles: o ex-presidente e sociólogo Fernando Henrique Cardoso e o economista e ex-presidente do Banco Central – na era FHC – Armínio Fraga. Além disso, foram citados o filósofo e cientista político Roberto Mangabeira Unger, o cientista político Octavio Amorim Neto e o antropólogo Roberto DaMatta.

PUBLICIDADE

Conforme ressalta o jornal O Globo, na academia, FHC é bastante citado pela sua contribuição à teoria da dependência, mas desde que deixou a presidência, já publicou seis livros.