De saída

Fernando Coelho acredita na privatização da Eletrobras mesmo após saída da pasta

Durante seu discurso para empresários do setor de energia, o ministro se despediu e agradeceu dizendo que desde seu ingresso na pasta trabalhou para aprimorar o setor

arrow_forwardMais sobre

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, disse hoje (23) que mesmo depois de sua saída da pasta, em abril, será possível a aprovação de uma regulamentação no setor elétrico e a privatização da Eletrobras.

“A privatização vai ser boa para a Eletrobras, mas vai ser boa também para o setor elétrico e melhor ainda para o consumidor, que paga uma ineficiência que ele não faz ideia que existe dentro dessa nossa empresa”, disse, ao participar da abertura do Fórum de Debates Modernização do Setor Elétrico.

Durante seu discurso para empresários do setor de energia, o ministro se despediu e agradeceu dizendo que desde seu ingresso na pasta trabalhou para aprimorar o setor. “O melhor que conseguimos fazer foi criar ambiente, que é muito mais amistoso, sincero e próximo do que nós encontramos em maio de 2016. Mudou a forma de relacionamento, a forma do ministério [de Minas e Energia] poder se portar”.

PUBLICIDADE

Quer comprar ações e ainda pagar a menor corretagem do Brasil? Clique aqui e abra sua conta na Clear