Reforma da previdência

Expectativa de agendamento encoraja precificação de reforma da Previdência

Analistas ainda evitam um otimismo aberto diante das incertezas que persistem, mas o sentimento geral é positivo

Aprenda a investir na bolsa

(Bloomberg) — A simples expectativa de que a votação em 1º turno da reforma da Previdência poderá ser agendada nesta semana já está sendo suficiente para ampliar o otimismo do mercado, derrubando os juros futuros e levando o dólar a cair pelo 5º dia seguido. 

Analistas ainda evitam um otimismo aberto diante das incertezas que persistem. Se a reforma passar em 1º turno mas com votação apertada, por exemplo, dificilmente o investidor ficará totalmente tranquilo com as votações seguintes. O sentimento geral, porém, é positivo
Mauricio Oreng, estrategista do Banco Rabobank, também avalia que, a partir do momento em que for agendada a votação, o mercado poderá entender como um sinal de certeza do governo de que reforma vai passarEle pondera, contudo, que variáveis políticas são “difíceis de se projetar”, o que exige alguma cautela
“Sempre podemos ter surpresas desagradáveis”
Para o estrategista do Rabobank, o mercado está trabalhando com “pedaços de informação” surgidos recentemente e medindo o quanto estes eventos afetam as probabilidades de aprovação da reformaEventual aprovação em 1º turno com margem folgada, em torno de 320 votos, aumentaria as chances de aprovação na Câmara em 2º turno, diz Oreng
Oreng considera, contudo, que a reforma está amplamente precificada e não deve gerar um “mega rali” após aprovação final
“Somente se tiraria um risco de cauda”
Para Camila Abdelmalack, economista da CM Capital, talvez o mercado entenda que, quando for marcada a votação seja porque o governo já tem os votos suficientes, mas não há como ter certeza se a reforma passa antes ou depois do CopomCamila prevê que o BC manterá o ritmo de corte de 1pp da Selic e só deve alterar a avaliação sobre a Previdência quando a reforma estiver definitivamente aprovada

 

Esta matéria foi publicada em tempo realapara assinantes do serviço BloombergaProfessional.

Aprenda a investir na bolsa