Eleições

Executiva do PSB apoia Aécio no 2º turno, mas decisão final ainda depende de programa

Esta será a primeira vez que o partido se juntará ao PSDB em uma corrida presidencial

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A executiva do PSB, partido de Marina Silva, aprovou por maioria nesta quarta-feira (8) o apoio ao candidato Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições presidenciais, que acontecerão no dia 26 de outubro.

Os votos finais ficaram da seguinte maneira: 21 a favor do apoio tucano, enquanto 7 votaram pela neutralidade, e apenas 1 foi à favor de apoiar a campanha de Dilma Rousseff (PT). Esta será a primeira vez que o partido se juntará ao PSDB em uma corrida presidencial.

Após a decisão do PSB, os dois partidos de porte da coligação de Marina passaram a apoiar, formalmente, a candidatura de Aécio Neves, que fechou o primeiro turno com 33,6% das intenções de voto. 

Aprenda a investir na bolsa

Beto Albuquerque, candidato à vice-presidência na candidatura de Marina Silva, falou ao InfoMoney que ainda há chances de recuo da decisão: “o PSB vai apoiar Aécio. Com acordo de programa. Vamos pactuar só agora as exigências programáticas”.