Operação Lava Jato

Ex-ministro afirma não saber de R$ 2,5 milhões depositados em sua conta na Suíça, diz portal

Henrique Eduardo Alves foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República por corrupção e lavagem de dinheiro devido à conta bancária que mantém na Suíça

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves disse em sua defesa apresentada à Justiça Federal em Brasília que desconhece os US$ 833 milhões, o equivalente a R$ 2,5 milhões, depositados em uma conta na Suíça. Segundo ele, outras pessoas movimentam os valores, informa o portal G1.

De acordo com as investigações, a quantia foi depositada em três parcelas entre outubro de dezembro de 2011. À Justiça, os advogados de defesa de Alves reconheceram que ele é o beneficiário da conta e que um escritório de advocacia no Uruguai foi contratado em 2008 para fazer os trâmites legais junto a um banco suíço.

O ex-ministro se demitiu do cargo em junho de 2016 depois de ser citado pelo ex-presidente da Transpetro em seu acordo de delação premiada. Ele foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República por corrupção e lavagem de dinheiro devido à conta bancária que mantém na Suíça. 

Aprenda a investir na bolsa