Paulo Roberto Costa

Ex-diretor da Petrobras aparece em lista do HSBC na Suíça

Nos próximos dias, uma força-tarefa da PF e do MPF irá a Paris buscar oficialmente os dados referentes a essa relação bancária entre o HSBC e Paulo Roberto com um juiz da capital francesa

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ex-diretor da Petrobras (PETR3; PETR4), Paulo Roberto Costa, apareceu na lista do HSBC entregue por um ex-funcionário do banco para autoridades e jornais de todo o mundo que resultou no escândalo conhecido como Swissleaks. O brasileiro, que está no centro do escândalo envolvendo a estatal, sendo um dos principais delatores da Operação Lava Jato, aparece entre as mais de 100 mil referências a personalidades de todo o mundo.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, nos próximos dias uma força-tarefa da Polícia Federal e do Ministério Público Federal irá a Paris buscar oficialmente os dados referentes a essa relação bancária entre o HSBC e Paulo Roberto com um juiz da capital francesa. Com isso, será possível saber se ele teve um relacionamento bancário com o HSBC não informada em sua delação premiada.

A decisão de pedir os dados para a França e não para a Suíça decorre do fato de que, em Paris, o ex-funcionário do HSBC que entregou os dados, Hervé Falciani, não é tido como um criminoso, enquanto para os suíços ele roubou dados protegidos do banco.

Aprenda a investir na bolsa