EXPERT XP 2020 Leandro Karnal discute a sociedade brasileira e seu futuro; acompanhe ao vivo

Leandro Karnal discute a sociedade brasileira e seu futuro; acompanhe ao vivo

Nos bastidores

“Eu e a Marina faremos o necessário para tirar Dilma do poder”, diz Feldman

Feldman, que era o braço-direito de Marina Silva em sua campanha à Presidência, disse que ela e Aécio irão se reunir amanhã pela primeira vez para definir como será sua atuação na campanha

SÃO PAULO – O porta-voz da Rede Sustentabilidade, Walter Feldman, falou a jornalistas nesta quinta-feira (16), minutos antes de iniciar o debate dos presidenciáveis no SBT. “Eu e Marina faremos o necessário para tirar Dilma do poder”, disse.

Feldman, que era o braço-direito de Marina Silva em sua campanha à Presidência, disse que ela e Aécio irão se reunir amanhã pela primeira vez para definir como será sua atuação na campanha. “Amanhã terá um encontro no bairro da Lapa, em São Paulo, e será a primeira vez que vão conversar sobre a campanha. Tudo será resolvido lá”, disse. Segundo o porta-vez da Rede, estarão no encontro José Reguffe, senador eleito pelo Distrito Federal, e Pedro Simon, do PMDB gaúcho. Deverá haver também Senadores e lideranças intelectuais, complementou. 

Sobre um racha na Rede, ele afirmou que foi elaborado um documento em que 3 posições de governo foram contempladas: neutralidade, nulo ou branco ou em Aécio. Quando houve a manifestação de voto em Aécio, houve uma discordância e deu a crise. Mas, depois a eleição, isso será discutido para “acertar os rumos, mas não há uma crise traumática”.

PUBLICIDADE

Ele comentou ainda o Datafolha. Segundo ele, 80% dos votos de Marina já foram para o Aécio. “Não há menor dúvida que a posição dela cristaliza os votos de Aécio, que passou de 34% na urna para 51% nas pesquisas Datafolha e Ibope”, disse.