Estratégias: Pactual aponta oportunidades no mercado de ações em 2006

Banco revela que materialização do cenário previsto no início do ano é melhor do que a esperada, com menor volatilidade

SÃO PAULO – Divulgado nesta quarta-feira, o relatório de estratégias do Banco Pactual traz uma série de sugestões no mercado de ações, considerando as empresas que devem ser beneficiadas pela evolução do cenário político e econômico em 2006.

Os analistas do banco carioca acreditam que o cenário otimista traçado no início do ano está em vias de se concretizar, porém, em um patamar ainda mais benéfico para o mercado.

Cenário ainda mais otimista

No início do ano, o Pactual previa um quadro de forte crescimento dos ganhos corporativos, com melhora dos fundamentos da economia brasileira e declínio do risco país.

PUBLICIDADE

No entanto, os analistas adiantavam que a redução do ingresso de recursos e as incertezas em relação às eleições deveriam impor alguma volatilidade ao longo de 2006.

Porém, com a estabilização do ingresso de recursos em um nível bem acima do esperado e o afunilamento da disputa presidencial em apenas dois candidatos já no primeiro trimestre do ano, a volatilidade deve ser menor e os ganhos, maiores.

Fortalecimento do PSDB é bom para estatais e elétricas

A expectativa do banco carioca é de que as estatais, tanto as federais como as do Estado de São Paulo, sejam beneficiadas pelas candidaturas de Alckmin e Serra para a presidência e o governo estadual respectivamente.

Desse modo, são recomendadas as ações ordinárias da Eletrobrás e da Sabesp e as preferenciais da Petrobras e da Cesp.

Além disso, alguns papéis do setor elétrico, como os preferenciais da Cemig e os preferenciais classe B da Copel também devem ser beneficiados pela redução da percepção de risco regulatório, dado um fortalecimento das candidaturas do PSDB.

Outras oportunidades

O Pactual também aponta outras oportunidades nos próximos meses. Os analistas esperam que as incertezas no plano econômico pressionem o real favorecendo as exportadoras. Gerdau PN e Usiminas PNA são as principais apostas nesse sentido.

PUBLICIDADE

Além disso, penalizadas nos últimos meses, as ações preferenciais da Gol e da Itaúsa aparecem como boas oportunidades de compra.

Por fim, o banco aposta em ações de empresas que apresentam boas chances de crescimento em 2006, como Net, UOL e Contax.