Resposta

“Estão tentando vincular meu nome a escândalo que é do PT”, diz Aécio em video

"Outras tentativas feitas foram arquivadas porque foram desmascaradas por serem falsas", disse o senador

SÃO PAULO – O senador Aécio Neves (PSDB-MG) respondeu em video nas redes sociais a notícia da Folha de S. Paulo, dizendo que ele teria sido citado na suposta delação premiada do senador Delcídio do Amaral (PT-MS). Para o tucano, há uma tentativa de colocar a oposição no meio do escândalo da Lava Jato. “Estão tentando vincular meu nome a escândalo que é do PT”, afirmou. 

“Outras tentativas feitas foram arquivadas porque foram desmascaradas por serem falsas”, disse o senador, que ainda disse que este escândalo tem um DNA claro, que é o do PT e dos seus aliados.

Ele ainda falou que não se sente intimidado com as denúncias. “Pelo contrário, aumenta a minha determinação de continuar combatendo este governo”, disse. Por fim, Aécio concluiu dizendo que o povo vai dar sua resposta nas ruas no próximo dia 13. 

PUBLICIDADE

Além de Aécio, Delcídio citou os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Edison Lobão (PMDB-MA), Romero Jucá (PMDB-RR) e Valdir Raupp (PMDB-RO), que já são investigados em inquéritos da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal). Delcídio também fez referências ao senador Aécio Neves (PSDB-MG). 

InfoMoney faz atualização EXTRAORDINÁRIA na Carteira Recomendada; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa