Pandemia

Espanha limita circulação de pessoas e fecha lojas para conter avanço do coronavírus; França também toma medidas

Ontem, a Espanha havia declarado estado de emergência por duas semanas

(Crédito: Fotos Públicas)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Espanha anunciou neste sábado medidas drásticas para tentar conter o avanço do surto de coronavírus.

O governo espanhol decidiu restringir a circulação de pessoas e fechar restaurantes e lojas de serviços não essenciais. Ontem, o país havia declarado estado de emergência por duas semanas.

Segundo informações do jornal El País, a população “só poderá circular pelas vias públicas para a realização das seguintes atividades: compra de alimentos, produtos farmacêuticos e de primeira necessidade; atendimento em hospitais; deslocamento ao local de trabalho; retorno ao local de residência habitual; atendimento e cuidado a idosos, menores, dependentes, pessoas com incapacidade e pessoas especialmente vulneráveis; deslocamento a entidades financeiras; por motivos de força maior e situação de necessidade”.

Aprenda a investir na bolsa

A Espanha também anunciou o fechamento de restaurantes, bares, hotéis, escolhas e universidades, além de lojas de serviços não essenciais (ficam de fora da lista farmácias, supermercados e postos de gasolina, por exemplo).

A França tomou medida semelhante ao decretar o fechamento de restaurantes, cafeterias, cinemas, boates e outras lojas de serviços não essenciais.