Escolha de relator para terceiro processo contra Renan Calheiros é adiada

Presidente do Conselho de Ética disse que consultou alguns integrantes do órgão, mas ainda não obteve respostas positivas

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A escolha de um nome para relatar a terceira representação contra o senador Renan Calheiros no Conselho de Ética foi adiada para a próxima terça-feira (9) pelo presidente do órgão, Leomar Quintanilha.

Quintanilha ainda não conseguiu nenhum nome que o agradasse para relatar o processo que investiga se o presidente da Casa usou o nome de terceiros para comprar veículos de comunicação em Alagoas.

O presidente do Conselho disse que consultou alguns integrantes do órgão, mas ainda não obteve respostas positivas. Além disso, admitiu que não convidou o senador Eduardo Suplicy para a relatoria, mesmo com o petista manifestando o desejo de exercer a função.

Dificuldade na escolha

PUBLICIDADE

Quintanilha justificou a dificuldade para a escolha argumentando que não pode convidar senadores do PSDB e do DEM para o cargo, já que os partidos são autores da representação contra Renan.

“A representação não é algo agradável, não é um trabalho que agrade a ninguém. A grande maioria dos senadores com quem tenho conversado tem alegado o volume de compromissos que cada um já tem nessa Casa”, disse o presidente do Conselho de Ética do Senado.