Entenda como a EPE contribui com a execução da política energética do país

É a Empresa de Pesquisa Energética que realiza os estudos destinados a subsidiar o planejamento do setor energético

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Criada no ano de 2004 e vinculada ao Ministério de Minas e Energia, a EPE (Empresa de Pesquisa Energética) tem como principal objetivo a realização de estudos e pesquisas que visam subsidiar a formulação, o planejamento e a implementação de ações tidas como fundamentais para a execução de uma política energética eficiente.

O escopo de atuação da EPE é bastante amplo e se estende entre os segmentos de energia elétrica, petróleo e gás natural e seus derivados, carvão mineral, fontes energéticas renováveis e eficiência energética, dentre outras.

A EPE é gerida por um Conselho de Administração, com funções deliberativas, e por uma Diretoria Executiva. A sua composição conta ainda com um Conselho Fiscal e um Conselho Consultivo.

Principais atribuições

Aprenda a investir na bolsa

Dentre as principais atribuições da EPE, podemos destacar a realização de estudos e projeções da matriz energética brasileira. É a EPE também que elabora e publica o balanço energético nacional e realiza pesquisas com o objetivo de identificar e quantificar os potenciais de recursos energéticos do país.

Os planos de expansão da geração e transmissão de energia elétrica de curto, médio e longo prazos também são realizados pela EPE, que promove ainda estudos para dar suporte ao gerenciamento da relação reserva, produção e demanda de hidrocarbonetos no Brasil.

Outro objetivo da empresa está relacionado ao incremento da utilização de energia proveniente de fontes renováveis e utilização de carvão mineral nacional.