AO VIVO Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Enquete: maioria dos leitores acredita que Grécia deixará Zona do Euro

Para 23% dos participantes da pesquisa saída é inevitável. Apenas 11% descartam totalmente essa possibilidade

SÃO PAULO – No dia 17 de junho os cidadãos gregos devem eleger seu novo primeiro-ministro. O evento será o divisor de águas da Zona do Euro, pois pode culminar no desligamento da Grécia do bloco monetário e desencadear uma crise sem precedentes na região.

Enquanto aguarda os resultados, a maioria dos leitores do InfoMoney acredita que essa história terminará em uma verdadeira tragédia, de acordo com o resultado de uma enquete feita pelo portal, que contou com a participação de 2.302 leitores.

Para 23% dos votantes, a saída da Grécia da Zona do Euro é inevitável. Já 11% dos participantes descartam totalmente essa possibilidade. A pesquisa revela ainda que apenas 5% dos leitores do InfoMoney concordam com essa hipótese. Contudo, na última segunda-feira (4), a agência de classificação de risco Standard & Poor’s afirmou que as chances da fuga grega são de 30%

PUBLICIDADE

Em ruínas
Desde o começo de 2010, quando declarou calote da dívida pública, a Grécia vem sendo citada como a vilã do mercado financeiro e norteando o humor dos investidores na Zona do Euro.

A partir de então, as nações europeias lançaram pacotes de resgate à Grécia (com a contrapartida de ajuste fiscal por parte do governo local). Diante disso, o nível de desemprego atingiu recordes históricos no país, a inflação acelerou, os investidores fugiram em busca de ativos mais seguros, George Papandreou abandonou o cargo de primeiro-ministro, a instabilidade po inter lítica se instaurou e sucessivas greves tomaram as ruas da nação.

O que acontecerá daqui para frente é difícil de prever, mas diversos países já traçam planos para amenizar os efeitos de uma possível saída da Grécia da Zona do Euro. Caso se concretize, o contágio dessa decisão afetará a economia global, e não apenas o bloco monetário. A China, maior mercado consumidor do mundo, teria de se acostumar a taxas menores de crescimento.

No Brasil, os efeitos dessa trajédia grega também serão impactantes, embora o país esteja mais preparado para enfrentar uma nova recessão mundial. Para o economista e ex-ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega, as chances da Grécia deixar o euro são remotas, mas a economia brasileira sentirá menos desta vez do que na crise de 2009.

Confira o resultado da enquete:

Quais as chances da Grécia deixar a Zona do Euro?
ProbabilidadeNúmero de votosParticipação no total
0%25511%
10%1075%
20%894%
30%1165%
40%824%
50%29313%
60%984%
70%24110%
80%26712%
90%22210%
100%53223%
Total2.302100%