Enquanto Dilma lidera corrida presidencial, Serra quer intensificar campanha

Tucano está 20 pontos percentuais abaixo da adversária, que possui 49% da preferência do eleitorado na pesquisa Datafolha

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Mantendo a tendência vista nas últimas pesquisas de intenção de voto, a candidata à Presidência pelo PT, Dilma Rousseff, voltou a ampliar sua vantagem sobre José Serra. Na mais recente pesquisa, realizada pelo Datafolha, Dilma subiu para 49%, enquanto o candidato do PSDB ficou 20 pontos percentuais de desvantagem, com 29%. Marina Silva, candidata pelo PV, continua com 9%. Ainda esperançoso em ir ao segundo turno, o ex-governador quer aumentar a mobilização em sua campanha.

Segundo o levantamento, Dilma lidera em todas as regiões do País e também nos antigos redutos tucanos. Em São Paulo, onde Serra governou até abril, Dilma passou de 34% na semana anterior para 41%, enquanto seu principal adversário caiu de 41% para 36%.

No Rio Grande do Sul, a petista detém a preferência de 43% do eleitorado, enquanto Serra passou de 43% para 39%. Dilma também ganhou espaço no estado do Paraná e entre eleitores com maior faixa de renda.

PUBLICIDADE

Caso a eleição fosse neste momento da campanha, a apadrinhada de Lula venceria no primeiro turno com 55% dos votos válidos. A vantagem de Dilma no segundo turno também cresceu, passando de 53% na semana passada para 55%. Serra oscilou negativamente, de 39% para 36%.

O ex-governador atingiu a maior rejeição entre os candidatos ao Planalto: ele agora está com 29%, ante 27% no último levantamento. Na comparação, Dilma tem 19% de rejeição, mesma taxa vista em maio.

Contra-ataque
Confiante em conseguir chegar ao segundo turno, o 
candidato do PSDB pediu ao comando de sua campanha mais mobilização, com a intensificação da produção de panfletos e a contratação de novos cabos eleitorais. A fim de garantir maior visibilidade ao tucano, na véspera o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, afirmou que o comitê triplicará a quantidade de material de campanha.